Lavagem nasal no bebê, como é e por que fazer?

Lavagem nasal no bebê, como é e por que fazer? Hoje em dia nossos hábitos mudaram. Principalmente, por termos mais contato com poluição e ar condicionado. Fatores que contribuem para reduzir a saúde nasal. Por esses e outros motivos, a lavagem nasal no bebê e em nós mesmos deve fazer parte da rotina.
lavagem-nasal-no-bebe

Em relação às crianças, um dos fatores que contribuem para isso, é que as crianças estão saindo cada vez mais cedo de casa e indo para a escola, comparado com antigamente, tendo mais contato com outras crianças, antes de terem o sistema imunológico fortalecido.

Por isso a importância da Lavagem Nasal no Bebê!

No outono e inverno, as doenças respiratórias são muito mais frequentes, principalmente, na vida das nossas crianças.

A mudança de temperatura e o tempo mais seco podem favorecer essas infecções.

E uma das maneiras para prevenir é fazendo rotineiramente a higiene nasal.

A higienização é ainda mais importante para bebês e crianças, onde o nariz é a sua principal fonte de entrada de ar.

É também onde o ar é filtrado formando uma barreira protetora, evitando que partículas de bactérias ou poeira contamine suas vias aéreas inferiores.⠀

Dificuldades para mamar

Com a obstrução da cavidade nasal por secreção, os bebês tem um certa dificulade ao mamarem.

Por não conseguirem fazer sua respiração nasal, a mamada deixa de ser efetiva, além de facilitar a entrada de ar no estômago ao invés de leite.

Outra complicação importante são as infecções respiratórias.

Quando a secreção fica ali parada, bactérias se proliferam mais facilmente.

Por isso devemos incluir na rotina dos bebês a lavagem nasal.

É preciso que a gente cuide sempre da saúde do nosso bebê!

como-lavar-o-nariz-do-bebe
Reproduzir vídeo

Agora vamos esclarecer algumas das principais dúvidas das mães sobre como fazer a lavagem nasal no bebê!

Água ou Soro Fisiologico?

Para realizar a lavagem nasal, deve-se usar sempre soro fisiológico 0,9%.

Sinta-se confortável para fazê-la:

  • Você pode começar com pequenos volumes de soro fisiológico e com pouca pressão! Depois que tiver mais confiança e que a criança estiver mais habituada, aumente!
  • Prefira deixar a criança na posição sentada ou em pé: as crianças possuem a tuba auditiva (canal que liga o nariz até a orelha média) mais curta e horizontal, o que facilita que haja refluxo de líquidos para esta região, principalmente se a criança estiver deitada.
  • Escolha a forma de aplicação mais adequada para você: pode usar sprays ou duchas. Os estudos não mostraram diferenças entre elas. Use a que você se sentir mais confortavel.

Como fazer a lavagem nasal com as crianças?

Segurar a respiração ou falar “Ah!” por alguns segundos.

Em crianças maiores e com maior compreensão, pode-se ensinar a prender a respiração ou falar “Ah!” durante alguns segundos.

Ideal é ficar com a boca aberta.

Isto diminui o desconforto do líquido ir para garganta.

Depois é só cuspir e/ou assoar o nariz.

Não existe uma quantidade fixa de soro para ser usado.

Isso varia muito se a criança está mais secretiva, se tem algum processo infeccioso associado, ou se é somente para limpeza/umidificação nasal.

Comece com pequenas quantidades, como 0,5 a 1ml em cada narina para os bebês, e depois repita quantas vezes forem necessárias.

Conforme vc adquire segurança ao fazê-lo, pode aumentar a quantidade se houver necessidade.

Dicas para lavagem nasal no bebê

O soro deve estar em temperatura ambiente ou morno, nunca gelado.

Dessa forma, mesmo a secreção mais espessa consegue ser eliminada.

A secreção não precisa sair pela outra narina.

Vai depender da quantidade de soro colocada, a quantidade de secreção, e o jato.

O mais comum é sair um pouco de soro pela própria narina, o soro sair pela boca ou a criança engolir o soro com secreção, sem problemas também, e aí toda a secreção saí pelas fezes.

A lavagem com soro não “causa” otite, muito menos pneumonia.

Ela nem é capaz de perfurar o ouvido!

Quando feita de forma segura, com o bebê sentado e a cabecinha levemente reclinada para frente, o soro com a secreção sairá pela própria narina ou será deglutido.

O nariz, ouvido e garganta estão interligados, portanto a secreção acumulada já está lá, se há um processo infeccioso.

O soro irá mobilizar essa secreção.

Se houver processo infeccioso instalado, ai sim pode ocorrer essas complicações.

como-fazer-lavagem-nasal-bebe

Eu preciso fazer essa lavagem nasal todo dia?

O nariz está em contato com o meio externo constantemente.

A higiene nasal no bebê é interessante ser feita, mas não necessariamente todo dia.

Se há mais secreção, provavelmente você precisará aumentar a frequência e também o volume do soro a ser utilizado.

Se você ainda tem medo de faze-la, pergunte ao seu médico como deve ser feita e peça para ele demonstrar.

Quando o bebê evolui com infecções frequentes de vias aereas, realize sessões com o Fisioterapeuta Respiratório.

Existem técnicas e manejos para retirar a secreção de via aerea alta e pulmonar.

Gostou do conteúdo?

Confira outras dicas para mães em nosso Blog!

Deixe seu comentário, isso aquece nosso ❤️️

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe seu comentário

Sobre nós

Olá mamães, tudo bem com você?

Aqui você irá encontrar conteúdos sobre o universo da maternidade.

Muitas dicas de maternidade, rotina e o dia-a-dia de ser mulher/mãe, diversas discussões e orientações para mães de primeira viagem.

Se você descobriu que está grávida ou já tem filho, e você “quer ser uma mamãe completa”, te oferecemos toda orientação necessária.

Confira tudo clicando aqui

como-fazer-seu-bebe-dormir
Posts Recentes
Siga nos
Nosso Canal
531 Compart.
Compartilhar528
Pin3
Twittar